Extraflame lança salamandra a pellets de baixo consumo

La Nordica Extraflame, fabricante italiano de salamandras e recuperadores de calor a lenha e pellets, lançou vários novos modelos de equipamentos a pellets para o inverno de 2012.

Um dos novos modelos é uma salamandra a pellets de 7 kw, a Extraflame Dorina, disponível em várias cores, permitindo uma boa conjugação com vários ambientes e decorações.

Tive a oportunidade de ver um destes equipamentos a funcionar numa exposição em julho de 2012, gostei do funcionamento e da facilidade de utilização, fiquei impressionado com o pouco ou quase nenhum ruído em funcionamento médio e máximo. Acho que é um bom aparelho para quem necessite de aquecer uma area de até 177m³, para quem prefira em m² basta dividir este valor pela altura da sua divisão, normalmente o pé direito ou altura de uma divisão é de 2,70m, ficando até 65m².

Fui comparar com equipamentos da mesma potência ou aproximada de outras marcas. Compilei essa informação, e elaborei uma pequena tabela comparativa das especificações mais importantes na avaliação de um equipamento a pellets para aquecimento de ar.

Marca Extraflame Ecoforest Edilkamin Bio-Bronpi
Modelo Dorina Venus Seven Marquesa
Potência 7,0 kW 7,0 kW 7,0 kW 6,0 kW
Dimensões (LxAxP) mm 501 × 885 × 534 443 × 795 × 452 460 × 960 × 540 570 × 960 × 550
Consumo pellets min-max (kg/h) 0,6-1,5 kg 0,5-1,6 kg 0,6 -1,7 kg 1,0-1,55 kg
Consumo electrico (W/h) 60-80 w 100-200 w 150w 150-200 w
Rendimento (%) 87% 87% 89% 81%
Aquecimento volume (m3) 177 m3 155 m3 180 m3 120 m3
Aquecimento area (m2) 66 m2 57 m2 67 m2 44 m2
Preço venda aproximado c/iva* 1.345 € 1.390 € 2.214 € 1.847 €
Imagem Salamandra a pellets Extraflame Dorina Salamandra a pellets Ecoforest Venus Antracite salamandra a pellets seven Salamandra a pellets Marquesa
Link Visitar Site Visitar Site Visitar Site Visitar Site

 

A diferença entre a Dorina e os outros equipamentos é bem notória. Notas positivas: O baixo consumo de pellets, o baixo consumo eléctrico em funcionamento, rendimento acima dos 87%. O preço é o mais baixo entre os modelos, sendo mais um ponto a favor. A saída do ar quente é frontal e superior, outra diferença em relação ao outros modelos. Tem um funcionamento mais silencioso que os outros modelos devido à ausência dos permutadores tubulares, comum em praticamente todos os equipamentos a pellets, originando um pequeno ruído, que é proporcional ao volume de ar quente que está a ser produzido.

Ao avaliar estas quatro salamandras, houve um pormenor que me chamou a atenção, a Bio-bronpi Marquesa, apesar de ter uma potência inferior às outras, tem um rendimento inferior (81%) e um consumo mínimo de pellets (1kg/h) superior a todas as outros salamandras.

O consumo mínimo de cada equipamento só é comparável com equipamento de igual ou menor potência. Este dado deve ser sempre visto, porque vai determinar logo à partida aquilo que irá consumir.

Estamos a aproximar-nos do período de inverno, se pensa adquirir um equipamento para aquecimento, comece já a ver para poder avaliar o melhor equipamento para o seu caso e aproveitar os preços mais baixo durante o verão.

Opte sempre por lojas especializadas, com espaço de exposição e que assegurem a assistência técnica pós-venda.

Partilhe este artigoShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrPin on PinterestShare on LinkedIn

Uma ideia sobre "Extraflame lança salamandra a pellets de baixo consumo"

Deixe uma resposta